Benedito Abbud fala sobre a influência do paisagismo na qualidade de vida

Autor: Anita Cid - Data: 01/11/2007

Com 36 anos de profissão, Benedito Abbud é formado em arquitetura pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP. É pós-graduado e mestre pela FAU-USP. Em 1981 fundou sua própria empresa, que hoje conta com aproximadamente 3500 projetos paisagísticos desenvolvidos em todo Brasil e em outros países como Argentina, Uruguai e Angola. Abbud foi presidente da Associação Brasileira de Arquitetos Paisagistas (Abap) durante os biênios de 1987-1988 e 1999-2000. Atualmente assina projetos paisagísticos de condomínios verticais e horizontais, residências unifamiliares, empreendimentos corporativos e comerciais, hotéis e flats (urbanos e resorts), loteamentos (residenciais e industriais), habitações compactas, shoppings centers, parques e áreas especiais.


AuE Soluções: Como você começou na profissão de paisagista?

Abbud: O que me levou a estudar arquitetura foi meu fascínio pelo desenho e pela possibilidade de uma idéia desenhada virar uma obra tridimensional, uma realidade que interage com as pessoas, com a paisagem.

Em 1970, comecei a estagiar no escritório do Arquiteto Paisagista Luciano Fiaschi. Naquela época descobri que Arquitetura Paisagística não era apenas colocar plantas em um jardim para que o cenário externo ficasse mais bonito (embora sempre tenha acreditado que a estética na paisagem seja fundamental). Era sim, trabalhar todo o espaço externo, para aproximar as pessoas da natureza e desfrutar de todos seus benefícios, projetar equipamentos externos que melhorassem sua qualidade de vida nos momentos de lazer, recreação, prática de esportes e principalmente no tempo do ócio. Ócio hoje reconhecidamente importante para recarregar as energias da estressante vida diária, e fundamental para induzir o processo criativo, ingrediente importantíssimo para a renovação da vida pessoal e profissional.

Logo após o término da graduação, em 1974, fui convidado pela Arquiteta Paisagista Suely Suchodolski para ser seu sócio em um escritório de projetos. Ficamos juntos até 1980, quando partimos para "carreira solo".

AuE Soluções: Você tem alguma especialidade ou preferência por trabalhar com alguma área específica do projeto paisagístico?

Abbud: Assino projetos paisagísticos em condomínios verticais e horizontais, residências unifamiliares, empreendimentos corporativos e comerciais, hotéis e flats (urbanos e resorts), loteamentos (residenciais e industriais), habitações compactas, shoppings centers, parques e áreas especiais. Cada um deles tem características próprias que os tornam especiais. Cada novo projeto é uma oportunidade de criar soluções inovadoras e diferenciadas.

"Nos dias de hoje, o paisagismo virou sinônimo de qualidade de vida"


AuE Soluções: Qual é o papel do paisagismo dentro da lógica do mercado imobiliário?

Abbud: Nos dias de hoje, o paisagismo virou sinônimo de qualidade de vida nos empreendimentos imobiliários. Em razão disso, as construtoras e incorporadoras estão cada vez mais empenhadas em oferecer espaços com amplos jardins onde famílias possam desfrutar com segurança de diversas opções de lazer. Com isso, abriu-se uma demanda para a criação de projetos que contemplem áreas verdes com equipamentos para todas as faixas etárias e usuários.

Um arquiteto paisagista tem cada vez mais oportunidades de trabalho, porém quem entra nesse mercado precisa ter jogo de cintura para lidar com os desafios que um projeto desse porte envolve. Apesar do poder de decisão estar na mão de várias pessoas - incorporadora, setor de vendas, equipe de marketing e construtora - quem realmente vai dar a palavra final é o comprador. Por meio de pesquisas pós-venda, os projetos paisagísticos são avaliados pelos moradores. Se a avaliação for negativa, a incorporadora não voltará a procurar o paisagista.

Existem diferenças importantes na elaboração de jardins residenciais e de condomínios. Em aspectos técnicos, nas residências trabalhamos sobre um terreno natural, enquanto nos condomínios, principalmente os verticais, o projeto em geral é feito sobre uma laje que cobre os carros do subsolo. O trabalho em residências é feito sob medida, pois quem aprova o projeto é o cliente que vai morar no lugar. Já nos condomínios, quem autoriza o projeto é a incorporadora junto com a empresa de vendas, a equipe de marketing e a construtora. Todos visando um público cujos desejos são determinados através de estudos e previsões de mercado. Como solução para esse impasse do cliente ser "oculto", costumo projetar espaços que contemplem uma grande diversidade de moradores: jovens casais com filhos, idosos, casais sem filhos, descasados, etc.

AuE Soluções: Como o paisagista pode fazer um projeto que inclua harmonia e sofisticação dentro da paisagem urbana?

Abbud: Em meus projetos não pode faltar criatividade e inovação. Cada espécie ou elemento possui sua importância e espaço conforme o projeto paisagístico que está sendo criado. Deve-se saber utilizar as espécies e elementos para conferir harmonia e sensação de beleza ao conjunto. É importante, também, trabalhar em sintonia com a arquitetura. Como arquitetos e paisagistas praticamente dividem a prancheta na criação dos projetos, é fundamental que haja compreensão e cooperação entre as partes. O grau de interferência no trabalho de um ou no trabalho do outro varia em cada projeto. Em grandes áreas, como um parque, a arquitetura estará inserida no paisagismo. Em espaços menores, como pátios e pequenos jardins, o paisagismo dependerá das soluções arquitetônicas. O segredo é simples. Uma boa relação entre os dois profissionais garante um projeto final harmonioso.


AuE Soluções: Como o paisagismo pode contribuir para a qualidade de vida das pessoas, especialmente nos grandes centros?

Abbud: A paisagem urbana precisa, cada vez mais, de ambientes de convivência ao ar livre convidativos. Praças arborizadas com mesas e bancos, calçadas com paginação de piso bem definida e bem sinalizadas, equipamentos para prática de esportes, acessibilidade para todos, comunicação visual, faixas de circulação bem definidas são alguns exemplos de intervenções paisagísticas que melhoram a qualidade de vida em grandes centros urbanos. As pessoas passam a se identificar, gostar e cuidar mais dos espaços públicos.

AuE Soluções: Como a tecnologia auxilia na criação de projetos paisagísticos? Quais recursos tecnológicos você utiliza na construção de seus projetos?

Abbud: A tecnologia atual permite conexão rápida entre todos os envolvidos em meus trabalhos. Assim, posso conversar com clientes e desenvolver soluções em outras cidades, estados e até países, como é o caso de meu escritório com projetos paisagísticos em Angola, Argentina, Uruguai, entre outros.

AuE Soluções: Você acredita que atual cobertura da mídia sobre questões ambientais coloca a profissão de paisagista em destaque?

Abbud: Acredito que existe uma crescente preocupação com a preservação dos recursos naturais em todos os setores da sociedade. A mídia está cumprindo seu papel de transmitir informações relevantes, assim, a atual cobertura jornalística envolve todos os profissionais que de alguma forma contribuem para a discussão sobre sustentabilidade, que é o grande tema do futuro. Inclusive, meus clientes já estão começando a se preparar para certificação ambiental "Green Building".

O conceito "Green Building" passa pela conservação das energias, reuso de materiais, conservação da água e promove a sustentabilidade sem esquecer dos aspectos sociais tão importantes no nosso país. Atento a esses conceitos nosso escritório tem desenvolvido em todo Brasil  projetos de uso coletivo que buscam soluções compatíveis com nosso orçamento e nossa realidade.
 
Também temos desenvolvido materiais que desempenham função ecológica tais como: piso drenante com fibra de coco para minimizar enchentes, piso anti impacto feito com pneu descartado para proteção das articulações humanas durante a prática de esportes; e placas de plástico reciclado para proteção da impermeabilização da laje e irrigação do jardim por capilaridade. Materiais que além de desempenharem uma função ecológica são feitos com matéria prima reciclada."

AuE Soluções: Como aproveitar este momento para se destacar no mercado?

Abbud: Pesquisa, ousadia e, principalmente, criatividade são fundamentais. Não há mais espaço para repetir fórmulas que deram certo e muito menos para amadorismo. Os lançamentos atuais são grandes, alguns verdadeiros bairros. Quanto maior o empreendimento, maior o risco e, consequentemente maior a necessidade de sucesso e responsabilidade dos envolvidos. Um único fracasso pode comprometer o todo, e até (em casos extremos) levar uma empresa à falência.

Diante desse panorama, a arquitetura paisagística ganhou novos horizontes. A começar pelas reuniões, que envolvem de 20 a 30 profissionais, multidisciplinares, para discutir um novo produto desde sua concepção. Arquitetos, decoradores, arquitetos paisagistas, construtores, empresas de vendas, marketing e publicidade, sugerem idéias, temas e conceitos a serem trabalhados por todos. Nesses encontros não uso mais desenhos em papéis, mas sim projeções em data show para facilitar a compreensão do trabalho por todos.

A simpatia, a empatia, a assertividade, a experiência, a síntese dos argumentos, a capacidade de adaptação e a prática de falar em público, são alguns elementos que devem ser praticados com firmeza e respeito entre os participantes. Nessas reuniões de "brainstorm", todos os profissionais contribuem com impressões e soluções para a concepção do produto final. A partir daí nasce um paisagismo diferenciado, moldado em função do público alvo e, ao mesmo tempo, harmonizado com todas as disciplinas envolvidas no projeto.


Compartilhar:


Anterior Próximo

Biblioteca gratuita sobre paisagismo.

Comentar
Nome:
E-mail:
Comentário:
Avalie está matéria:



1 - Autor: Mário Pinto Furtado - Data: 21/03/2010

Sou formado em agronomia pela faculdade de agroveterinária de Lages - SC. A minha oponião sobre esta matéria é sempre buscar a harmonia da relação com a natureza em todos os seus aspéctos. Qualidade de vida é integrar toda forma de modelos estéticos para tentar resgatar o existente, sendo mais profundo, complexo e invisível. Busca da indentidade perfeita é grande meta, a fusão de células da origem a um embrião e consequentemente a vida.Hoje é muito importante levar a informação além do conhecimento técnico.



2 - Autor: Ecila - Data: 07/06/2009

A matéria está bem abrangente e retrata com clareza o objetivo principal.



3 - Autor: monica - Data: 28/05/2009

Gostei! Sei quanto o paisagista é importante e o que representa para o paisagismo.



4 - Autor: Maria Lucia Fre Brazzarotto - Data: 07/02/2009

Sou admiradora deste conceituado paisagista pois ele procura a matérias ecologicamente corretos em seus projetos.
Parabens



5 - Autor: bruno de oliveira - Data: 12/12/2007

muito boa a materia,hoje o pasagismo e umas das melhores fomas de vida...e lindo e limpa a alma.



6 - Autor: VERA DE CASTRO B. DE GUSMAO - Data: 04/11/2007

otima,qdo se refere ao ser humano hoje, esta em busca de qualidade de vida, as imobiliarias estao investindo mais em areas de lazer onde os individos possam desfrutar com seguranca.POIS PAISAGISMO HOJE E SINONIMO DE QUALIDADE DE VIDA, levando o ser humano pra mais perto da natureza.....



7 - Autor: Suzana Perelló - Data: 03/11/2007

Adoro entrevistas com profissionais da área, pois para quem está começando como eu adquiro mais conhecimento. Obrigado



8 - Autor: Elis - Data: 01/11/2007

Parabéns pela entrevista! Questões bastante relevantes na nossa sociedade atual. Um profissional dessa qualidade é uma inspiração pra todos nós profissionais!




Entrevista
Dicas Técnicas
Notícias
Carta dos leitores
Arquivo
Edição Anterior

Revista AuE Paisagismo Ano 4 No 41 / Outubro de 2007

Conteúdo completo

Lista com todas as Edições da Revista Paisagismo Digit@l

Top 10

Matérias mais comentadas da revista

Projetos
Projeto residencial

Mauricio Estellita

Lista de Projetos

Lista com Todos os Projetos da Revista Paisagismo Digit@l

Top 10 de Projetos

Lista com 10 projetos mais comentados

Agenda
Agenda

Agenda de Eventos de Paisagismo

Conversar no Whatsapp

X

Revista gratuita AuE Paisagismo


Que tal se manter sempre informado das novidades do mundo do paisagismo? Informe seus dados para mantermos contato!




Revista no seu E-mail

*
*
*