Jardins Verticais: Esta ideia pegou em Portugal?

Autor: Camila Fonseca - Data: 03/10/2011

Pensar em maneiras irreverentes de trazer inovações para o mundo contemporâneo é um grande desafio para os profissionais. A necessidade de desenvolver a capacidade de lidar com a adaptação às formas e novas realidades, fez-se criar um novo conceito dentro do paisagismo: os jardins verticais.

Para tanto, no Algarve - Portugal, a marca Jardins do Futuro trabalha com esse tipo de jardim desde 2009 e sabe explicar bem a importância dessa especialidade: "Encaramos como uma necessidade ecológica o desafio de elaborar produtos com a técnica da hidroponia que aumentam as áreas vegetais em centros urbanos e rurais", considera o gestor da empresa, Gil Lope, que atua no setor de Arquitetura Paisagista e Botânica.

Jardim Vertical


Jardins Verticais executados pela empresa jardins do Futuro

Ele informa que até o negócio começar a funcionar, de fato, passou por um período de incubação para pesquisas de dois anos. Foram estudadas formas de construção e manutenção de muros, telhados e quadros vegetais e jardins de interiores, para que solucionem os danos ambientais já causados pelo ser humano. Gil Lopes justifica que a execução desses jardins é totalmente distinta do que um jardim tradicional. "Por ser vertical, ele necessita de uma estrutura de apoio especifica", aponta. Assim, as premissas para seu desenvolvimento, segundo ele, partem inteiramente da vontade e necessidade do cliente a forma como ele idealiza seu muro vegetal.

Assim como outras modalidades, os jardins verticais possuem suas espécies mais utilizadas e adaptáveis. São elas, as plantas de folhagem permanente, como trepadeiras, plantas rochosas e aquáticas. "São, por exemplo: chlorophitum, Festuca, Begonia, Aspargus, Asplenium, Phormium, Budlea Black, Aeschinantus rasta, entre outras. As plantas são provenientes de cultura hidroponica da Holanda, Malásia e algumas espécies Autóctones não hidroponicas", afirma. Sua distinção frente a outros modelos de espaços são evidentes. Segundo Gil Lopes, elas vão desde a estrutura do jardim vertical à sua quantidade de plantas por metro quadrado. "O sistema de rega também - com nutrientes - altera em relação ao jardim tradicional e sua iluminação pode ser lúdica, ou em alguns casos de jardins verticais interiores, a iluminação é necessária ao bom desenvolvimento das plantas (fotossíntese)", esclarece.

Jardins Verticais


Jardins Verticais executados pela empresa jardins do Futuro

Levando em consideração o aspecto estético de um jardim vertical, ele traz uma proposta um tanto quanto moderna. Mas sua estrutura, em 98% das obras, não demandam cálculos desmedidos para comportar todos os elementos presos a parede. "Caso seja necessário, contratamos um engenheiro civil que trata dos cálculos e reforços a parede", avalia. Em relação ao projeto de irrigação, eis aqui a maior complexidade. Isso, de acordo com Gil Lopes, devido ao número de componentes necessários, como: injectores de nutrientes, controladores, bombas, programadores, quadro comando e electroválvulas. "A rega destes jardins é independente e a percentagem dos nutrientes é calculada consoante o tamanho do muro vegetal, espécies plantadas e a localização polar e solar", acrescenta.

Na opinião do proprietário da empresa Jardins do Futuro, implantar a ideia trazida de sua vivência na França em Portugal tem dado muito certo, pois ainda é uma novidade. "Este sistema hidroponico de jardim vertical é novidade em Portugal, temos patentes registadas. Existem alguns casos mais antigos, mas com sistemas completamente diferentes, inclusive alguns com o uso de terras", aponta. Além de representar o novo, a verticalidade dos espaços verdes agrega valores e benefícios. "Elas vão desde o peso da estrutura, o isolamento térmico e sonoro, o grande impacto visual de um jardim vertical, o valor acrescentado ao prédio e o impacto ecológico, que é bastante positivo", reflete.

Jardins Verticais


Jardins Verticais executados pela empresa jardins do Futuro

Aderindo à nova maneira de fazer jardins, o país, apesar da crise econômica que enfrenta, tem aceito positivamente os verticais. "Nossos clientes, em sua maioria, são provenientes da classe media/alta e empresas com algum poder financeiro, também devido aos custos de um jardim vertical. Estamos em negociações com grandes grupos da distribuição em Portugal e alguns grupos hoteleiros. Prevemos um alargamento do numero de jardins verticais visíveis ao publico nos próximos 2, 3 anos", conclui.



Compartilhar:


Anterior Próximo


Comentar
Nome:
E-mail:
Comentário:
Avalie está matéria:



1 - Autor: Gildete - paisagista. - Data: 16/11/2012 12:58:55

É um trabalho bem criativo que implanta jardins onde há pouco espaço. Parabéns. GM paisagismo - Gildete.



2 - Autor: Maravillate - Data: 08/11/2011 16:43:49

Gostei muito deste post de jardins verticais. Obrigado



3 - Autor: Celso Silva - Data: 20/10/2011 22:56:22

Gostaria de ter informações em relação ao material usado na montagem do jardim vertical e onde posso comprar aqui no Rio de Janeiro.



AuE Responde: Para saber os materiais que deve usar, entre em contato com o proprietário da empresa, que ja deixou seu contato aqui mesmo nos comentários desta matéria, com o nome de Jardins do Futuro. Porém, para ter informações de onde comprar no Rio de Janeiro seria mais fácil fazer uma pesquisa via web mesmo. Qualquer dúvida, entre em contato conosco.



4 - Autor: JARDINS DO FUTURO - Data: 19/10/2011 11:29:10

Para mais informações sobre os jardins verticais, visite o nosso web-site: www.jardinsdofuturo.com
Obrigado por todos os comentários da parte da equipa dos JARDINS DO FUTURO.
Sr. Arq. Jose Carlos Schirmer, de facto tem alguma razão, não se trata só de paisagismo mas também de uma ARTE, basta que olhe para as plantas e veja que a gravidade é respeitada não causando deformações as plantas, se tiver duvidas contacte-nos e teremos o prazer de lhe explicar como funciona esta técnica.



5 - Autor: maria ferreira - Data: 18/10/2011 13:54:06

gostaria de receber mais



6 - Autor: maria martha corrêa de cerqueira - Data: 17/10/2011 12:45:30

A materia é muito boa, alias como tudo atualmente sobre os jardins verticais,temos que a cada dia nos aprimorarmos com esse tipo de jardim, que diga-se de passagem, é um dos mais novos tópicos do paisagismo moderno Martha Corrêa paisagista RJ



7 - Autor: loucurinhasdemeudeusederivadosdanatureza - Data: 15/10/2011 07:23:06

Viva viva; coisa linda a máteria; Tenho dó desse coitado arquiteto Jose Carlos Schirmer; que postou um comentário sem noção, primeiro acima; é um tenha dó;por isso é arquiteto......aquela paz a todos.....



8 - Autor: Jose Carlos Schirmer - Data: 14/10/2011 21:52:16

Sou arquiteto, senti um grande desconforto ao ver a matéria,
paisagismo é o horizontal. E a gravidade?



9 - Autor: hans dines - Data: 14/10/2011 20:18:41

Sou fabricante de produtos para irrigação localizada e estou desenvolvendo vários trabalhos com jardins verticais, assim como a execução dos projetos e instalação dos mesmos. Gostaria de receber toda informação a respeito de novidades e parceiros.



10 - Autor: Margarete Fatima Wentz - Data: 14/10/2011 13:15:37

Trabalho com paisagismo e sempre busco novidades pra oferecer pros meus clientes ,principalmente quando os espaços são muito pequenos.A materia é muito interessante.



11 - Autor: MARILDA - Data: 14/10/2011 12:27:21

Eu particulamente sou apaixonada por paisagismo vertical.
Se voces tiverem enteresse em compartilharem seus projetos comigo fico agradecida.



12 - Autor: Suzete Magalhaes - Data: 14/10/2011 12:24:11

Muito boa esta materia. Sou jornalista e Paisagista com trabalho voltado para Jardins verticais e sempre buscando novidades na area de projetos de irrigacao. Muito bom o trabalho desenvolvido por esta empresa em Portugal. Parabens pela materia.



13 - Autor: marcia valentina - Data: 13/10/2011 19:29:52

Achei maravilhosa a matéria, tem aumentado muito a procura por esse tipo de jardim, e quanto mais informações, melhor.



14 - Autor: Ana Maria - Data: 11/10/2011 22:03:50

Como paisagista tenho alguns desafios de espaços em alguns ambientes e os jardins verticais estão dando vida e alegria. Antes era impossivel ter um jardim numa área mínima e hoje podemos ter as cores de um jardim, seus perfumes... é maravilhoso.



15 - Autor: Daiane Ribeiro - Data: 11/10/2011 16:05:50

belíssimo




Entrevista
Saiba como projetos de paisagismo beneficiam regiões em que a seca é recorrente
Saiba como projetos de paisagismo beneficiam regiões em que a seca é recorrente

O paisagista Gilmar Fernandes explica como um bom projeto de paisagismo pode beneficiar regiões de seca.

Botânica
Jardins Verticais: Esta ideia pegou em Portugal?
Jardins Verticais: Esta ideia pegou em Portugal?

Os tão falados jardins verticais estão ocupando seu lugar no mercado de paisagismo. Saiba como esta Portugal recebeu essa inovação.

Dicas Técnicas
Quer aumentar o seu banco de dados e melhorar a qualidade das fotos? Veja o tutorial
Quer aumentar o seu banco de dados e melhorar a qualidade das fotos? Veja o tutorial

Saiba como baixar itens e mapas novos para seu banco de dados.

AutoLANDSCAPE: Trabalhando divisores com curvas
AutoLANDSCAPE: Trabalhando divisores com curvas

Aprenda a inserir divisores de canteiros com curvas em seu projeto.

PhotoLANDSCAPE: Que tal utilizar fotos melhores em seus projetos?

Saiba como utilizar fotos melhores em suas fotomontagens.

HydroLANDSCAPE: Tubos coloridos x monocromáticos
HydroLANDSCAPE: Tubos coloridos x monocromáticos

Artigo discute a padronização do uso de linhas coloridas para representar tubos em projeto técnico de irrigação

Ecologia
O Paisagismo que te acompanha da cozinha até seu banho
O Paisagismo que te acompanha da cozinha até seu banho

Saiba como ter sua própria horta em casa e usufruir de seus benefícios.

Novidades
Saiba como foi a 14º Fiaflora e o Concurso Nacional de Paisagismo Urbano
Saiba como foi a 14º Fiaflora e o Concurso Nacional de Paisagismo Urbano

Veja como foi o evento como foi a participação da AuE Soluções nas atividades paralelas.

Notícias
Queimadas destróem 25% da Floresta Nacional de Brasília
Queimadas destróem 25% da Floresta Nacional de Brasília

Uma das maiores riquezas da fauna e flora brasileira, a Floresta Nacional de Brasília, sofre com incêndio criminoso.

Portugal incentiva cidadãos a produzir em  espaços não aproveitados
Portugal incentiva cidadãos a produzir em espaços não aproveitados

Saiba o que é e como funciona o banco de terra.

"Praças Brasileiras" analisa características paisagísticas desses espaços desde o período colonial
"Praças Brasileiras" analisa características paisagísticas desses espaços desde o período colonial

O autor Fábio Robba destrincha a história das praças do Brasil e seus aspectos paisagísticos.

Curso de Jardins de Cobertura e Jardins Verticais em Portugal

Aprenda algumas especialidades do paisagismo no curso que será oferecido em duas edições em Portugal

Curso de Formação de Floristas VieDecor em Porto Alegre

Adquira mais conhecimento profissional com o curso de Preparação de Floristas da VieDecor

Arquivo
Edição Anterior

Revista AuE Paisagismo Ano 8 No 88 / Setembro de 2011

Conteúdo completo

Lista com todas as Edições da Revista Paisagismo Digit@l

Top 10

Matérias mais comentadas da revista

Projetos
Projeto em um sítio

ALESSANDRA VILLELA PAISAGISMO LTDA - ME

Lista de Projetos

Lista com Todos os Projetos da Revista Paisagismo Digit@l

Top 10 de Projetos

Lista com 10 projetos mais comentados

Agenda
Agenda

Agenda de Eventos de Paisagismo

Conversar no Whatsapp

X

Revista gratuita AuE Paisagismo


Que tal se manter sempre informado das novidades do mundo do paisagismo? Informe seus dados para mantermos contato!




Revista no seu E-mail

*
*
*