Paisagista Marcio Pottratz e o paisagismo de Gramado RS Parte 2

Autor: Regina Motta - Data: 12/12/2015

Continuando nossa conversa com Marcio Pottratz, (veja na edição de dezembro Marcio Pottratz e o paisagismo de Gramado parte 1) mais algumas de suas realizações em Gramado e sugestões para as cidades.

Mais algumas informações sobre o nosso entrevistado, usuário de nossos softwares desde 2004:
Professor de Técnicas de Jardinagem, tendo previsão de um Curso em 2016, voltado para os profissionais de jardinagem da cidade, com o objetivo de fomentar o setor no Município!
Assim não tem como a cidade não ficar florida, não é? Nossos parabéns a sua dedicação! Várias prefeituras do Estado e do País visitam Gramado para conhecerem como funciona todo o processo junto ao Horto Municipal.

Outras funções exercidas por ele:

  • Orientação tecnica à Associação de Produtores de Orgânicos da cidade.
  • Membro do conselho de desenvolvimento rural.
  • Membro de Câmara Técnica do Conselho Rural onde são avaliado todos os projetos relacionados ao meio rural.
  • Orientação Técnica ao Horto Municipal de Plantas Medicinais.
  • Sócio da SBAU ( Sociedade Brasileira de Arborização Urbana).
  • Formação em Auditoria Interna ISO 9001/2008

AuE Paisagismo: Além destas inúmeras funções, você também exerce a profissão de paisagista?

No Horto Municipal, coordeno e desenvolvo o planejamento estratégico, produção de forrações anuais alem do acompanhamento técnico na produção das plantas e o desenvolvimento de projetos paisagísticos afim de dar continuidade em "transformar Gramado num imenso jardim". Desta forma são vários locais em espera de intervenção, outros em analise e em execução, por fim vários prontos, sendo admirados pela comunidade local bem como pelos visitantes.

É com muita alegria e satisfação que desenvolvo estas funções, pois tive uma oportunidade em mostrar que nada é impossível quando temos um propósito.

Esta satisfação em desenvolver várias atividades e, principalmente, acompanhar cada etapa de desenvolvimento, colhendo resultados que surpreendem, não existem valores capazes de compensar este esforço coletivo existente.

Elaborar uma intervenção paisagística em Gramado, hoje, se tornou algo muito sério, pois criou-se uma inversão de valores e tenho muita responsabilidade em mantê-la.

Por exemplo, os jardins públicos via de regra são copiados por privados, mas hoje na cidade houve uma inversão de valores: Os jardins públicos são copiados pelos privados.

A comunidade acompanha tudo que é executado, muitas vezes é adicionada uma espécie ou cultivar um pouco diferente, logo vêm às perguntas de onde conseguir comprar, pois acham bonito e também querem em seus jardins privados.

Alem de novas cultivares de flores, também é necessário ser criativo na formatação dos layout, pois muitos vêm visitar a cidade com o intuito de buscar inspiração; sendo precursora de tendências de paisagismo.

Na cidade, já existem vários pontos onde o normal seria a implantação de grama, mas devido à identidade que está sendo desenvolvida, são implantadas forrações perenes e anuais com formas orgânicas, uma complementando a outra, sendo a grama praticamente eliminada em rotulas e demais.

AuE Paisagismo: No seu ponto de vista, quais seriam as medidas que as prefeituras deveriam tomar para que as suas cidades fossem mais floridas, arborizadas e sustentáveis?

Bem que gostaria de ter esta fórmula e repassar para todos, mas cada caso deve ser estudado, analisado e efetuado um planejamento a curto, médio e longo prazo, com muito cuidado para evitar perda de energias vitais para o sucesso e desgastes desnecessários.

Acredito que, em primeiro lugar, a vontade tanto política quanto da própria comunidade em transformar a cidade, mas para isso deve-se efetuar uma análise das potencialidades.

A identidade fitogeográfica, bem como a identidade cultural também são de vital importância ao desenvolvimento paisagístico e ambiental das cidades, pois já existem potencialidades que podem estar desapercebidas, que necessitam do poder público para articular sua fomentação junto às comunidades que formam as cidades.

É necessária uma união de esforços políticos, de técnicos multidisciplinares e da comunidade, quando existe uma sinergia entre estes tudo acaba fluindo e se desenvolvendo da melhor maneira, pois o conceito a ser executado está claro e de comum entendimento a todos.

A simples tarefa de ter ruas limpas, sem acumulo de lixo, corte de grama em áreas publicas, a pintura e capina junto ao meio fio, já são grandes ações que produzem um grande efeito de limpeza em qualquer cidade.

As flores entram como um prêmio por estar tudo organizado, é um complemento da arquitetura paisagística urbana que propicia a melhoria da qualidade de vida dos cidadãos.

Melhora a autoestima, a satisfação de ver um espaço que era abandonado, onde pode ser um belo cartão postal, com baixo investimento. É possível modificá-lo, ouvindo e analisando as reivindicações e envolvendo a comunidade local para que ajude a cuidar.

Com estas iniciativas, começando em um ponto da cidade, pode ser qualquer um, mas fazendo a limpeza e reestruturando tudo que for necessário , prevendo a sequência de manutenção, com o envolvimento da comunidade beneficiada, o sucesso é consequência.

Assim, sucessivamente, vai se ampliando as áreas de intervenção até chegar ao ponto de atender toda a demanda da cidade a curto, médio e longo prazo do planejamento estratégico inicial.

AuE Paisagismo: Conte-nos sobre o projeto de Hortas Escolares que você implantou em Gramado, um exemplo a ser seguido.

Hoje muito se está falando em agricultura urbana, nos grandes centros urbanos, no mundo já é uma tendência natural, então apenas iniciei algo que já é uma tendência em nosso país.

Mas muito se pensou de que forma proceder para que este conceito de produzir alimentos de forma orgânica, preservando o meio ambiente, visando uma melhora na qualidade da vida, e que servisse de ferramenta pedagógica de ensino nas escolas, chegasse de forma clara e objetiva aos lares das famílias da cidade.

Assim desenvolvi este projeto, que tem o intuito integrar as diversas fontes e recursos de aprendizagem, integrando ao dia a dia da escola gerando fonte de observação e pesquisa ao exigir uma reflexão diária por parte dos educadores e educandos envolvidos com suas famílias.

Entre os objetivos do Projeto está capacitar as crianças e suas famílias a identificar a utilização e aplicação de temperos e chás na sua vida diária, estimular práticas saudáveis de ação e relação com o ambiente físico, valorizar a saúde, a harmonia e a vida, despertar a criatividade e oferecer um ambiente escolar que estimule o aprendizado.

A meta é atingir alunos, suas famílias e a comunidade em geral.

O Prêmio Gestor Público foi criado em 2002 com a finalidade avaliar e dar reconhecimento público aos melhores projetos das administrações públicas municipais do Rio Grande do Sul. A iniciativa é da categoria dos Auditores-Fiscais da Receita Estadual do RS, representados pelo Sindifisco-RS e pela Afisvec.


AuE Paisagismo: Como são desenvolvidas as atividades do Horto Municipal de Gramado?

O Horto Municipal tem o objetivo de produzir forrações anuais para abastecer a demanda dos canteiros públicos da cidade, de forma contínua, zelando pelo ajardinamento destas áreas que estão em constante crescimento anual.

Anualmente são licitadas as sementes, adubos, substratos, e demais itens fundamentais para a produção das mudas em área protegida de 1068 metros quadrados além de 600 metros quadrados de área livre, onde também são depositadas algumas forrações perenes, oriundas de remanejos dos canteiros públicos.

Toda a produção de flores passa por um planejamento estratégico, atualizado anualmente, onde seis meses antes já se programa o que vai ser plantado em cada canteiro da cidade.

Isso demanda um conhecimento logístico muito aprofundado entre o tempo de cultivo em viveiro até chegar ao plantio definitivo no canteiro, tendo o cuidado em sempre manter as plantas sadias e vigorosas em plena florada.

Este é um grande desafio que a grande equipe do horto, composta por 12 servidores municipais concursados, procura desenvolver, pois o conceito que o jardim não pode estar pronto para amanhã, mas sim para hoje, agora; é seguido a risca.

O turista e comunidade local estão transitando pela cidade e querem ter a melhor imagem de recordação, assim todos os espaços públicos precisam de cuidados constantes a fim de proporcionar belas imagens para a posteridade.
Toda a equipe de Jardineiros, operários, motoristas e Técnicos têm, em comum, este entendimento, este desafio a ser alcançado em transformar Gramado num imenso jardim, verdadeiro parque de jardins floridos, aberto o ano todo,para bem receber o turista e a comunidade local.

É comum encontrar a equipe efetuando reparos nos canteiros da cidade de forma muito tranquila e, principalmente, eficiente, pois todos recebem orientações técnicas diariamente, a fim de ser eficiente e eficaz em sua atividade.

Este diálogo diário é vital, pois as dúvidas são resolvidas e direcionadas as suas ações para correta orientação e capacitação dos membros da grande equipe do horto municipal.

A preocupação ambiental está bem presente em nosso dia a dia, onde está em desenvolvimento o Sistema de Gestão Ambiental, que auxilia nas ações e determina as diretrizes que devem ser seguidas de forma legal com comprometimento ambiental.

Assim, na área de produção, está equipada com cisternas para captação da água pluvial que é utilizada no sistema de fertirrigação.

Também é utilizado resíduo de podas da arborização, que é triturado e acondicionado como cobertura morta nos canteiros, sendo uma prática que diminui a intervenção de limpeza dos canteiros, mantém a umidade além de melhorar as propriedades físicas e químicas do solo.

A utilização e aplicação de vários princípios da agricultura biodinâmica, visando a produção de mudas com baixa intervenção de produtos químicos, devido á manipulação constante, proporcionando segurança a todos servidores.

AuE Paisagismo: Você é usuário de todos os nossos softwares: AutoLANDSCAPE, PhotoLANDSCAPE, HydroLANDSCAPE e LandMANAGER, o que nos diz sobre eles?

Utilizo desde 2004 estes softwares no desenvolvimento de projetos, eles diminuíram o tempo de elaboração e gratificação, sem contar com a agilidade de manipulação de dados que é muito importante, tanto para o setor público quanto privado.
Estou utilizando o LandMANAGER em versão beta, acredito ser um grande avanço na questão de planejamento das atividades de cada projeto.

É um programa inovador que vem para preencher uma deficiência em software nesta área de planejamento e gerenciamento administrativo relacionado à prestação de serviços quanto à elaboração de projeto paisagístico propriamente dito.


Mais projetos desenvolvidos em Gramado:

1 - Plantio de forrações anuais nos canteiros das árvores em várias ruas da cidade.

Plantio de forrações anuais nos canteiros das árvores em várias ruas de Gramado/RS



2 - Ladeira das Flores

Ladeira das Flores, Gramado/RS



Ladeira das Flores, Gramado/RS



Ladeira das Flores, Gramado/RS



Ladeira das Flores, Gramado/RS



3 - Revitalização Avenida Borges de Medeiros

Revitalização Avenida Borges de Medeiros, Gramado/RS



4 - Praça das Etnias

Praça das Etnias, Gramado/RS



Praça das Etnias, Gramado/RS



Praça das Etnias, Gramado/RS



Praça das Etnias, Gramado/RS



5 - Revitalização Avenida das Hortênsias (obra em andamento)

Revitalização Avenida das Hortênsias (obra em andamento), Gramado/RS



Revitalização Avenida das Hortênsias (obra em andamento), Gramado/RS



Revitalização Avenida das Hortênsias (obra em andamento), Gramado/RS



Revitalização Avenida das Hortênsias (obra em andamento), Gramado/RS



Revitalização Avenida das Hortênsias (obra em andamento), Gramado/RS



Revitalização Avenida das Hortênsias (obra em andamento), Gramado/RS



6 - Frente a Prefeitura na ultima nevasca 27/08/2013.

Frente a Prefeitura na ultima nevasca 27/08/2013, Gramado/RS



Frente a Prefeitura na ultima nevasca 27/08/2013, Gramado/RS



Neste local, a cada ano é desenvolvido um novo layout paisagístico demonstrando novas leituras ao espaço

7 - Revitalização da Praça das Rosas

Revitalização da Praça das Rosas, Gramado/RS



Revitalização da Praça das Rosas, Gramado/RS



Revitalização da Praça das Rosas, Gramado/RS



Revitalização da Praça das Rosas, Gramado/RS



Veja também:
* Paisagista Marcio Pottratz e o paisagismo de Gramado RS - Parte 1


Compartilhar:


Anterior Próximo

Biblioteca gratuita sobre paisagismo.

Comentar
Nome:
E-mail:
Comentário:
Avalie está matéria:



1 - Autor: Tiane - Data: 16/06/2017 16:28:55

E o telefone ou e-mail de contato dele?


AuE Responde: Olá Tiane, tente o contato com ele através da Prefeitura de Gramado!




Entrevista
Paisagista Marcio Pottratz e o paisagismo de Gramado RS Parte 2
Paisagista Marcio Pottratz e o paisagismo de Gramado RS Parte 2

Continuando nossa conversa com Marcio Pottratz, mais algumas de suas realizações em Gramado e sugestões para as cidades

Dicas Técnicas
AutoLANDSCAPE 2016: Criação de áreas com formas orgânicas e inserção de mobiliários - parte 3 de 7
AutoLANDSCAPE 2016: Criação de áreas com formas orgânicas e inserção de mobiliários - parte 3 de 7

Terceira etapa do tutorial de desenvolvimento de um projeto paisagístico, passo-a-passo, com o AutoLANDSCAPE 2016

HydroLANDSCAPE 2016 - Configurando Hachuras
HydroLANDSCAPE 2016 - Configurando Hachuras

Aprenda a configurar as hachuras inseridas no programa de irrigação HydroLANDSCAPE

PhotoLANDSCAPE 2016 - Editando os objetos em 3D
PhotoLANDSCAPE 2016 - Editando os objetos em 3D

Veja como personalizar objetos 3D para inserir em uma fotomontagem no PhotoLANDSCAPE 2016

Notícias
Retrospectiva 2015 - AuE Software
Retrospectiva 2015 - AuE Software

Confira as principais realizações da AuE Soluções Software em 2015.

Jardins Históricos de Juiz de Fora - Final
Jardins Históricos de Juiz de Fora - Final

foi construído em 1861 por Mariano Procópio Ferreira Lage. O projeto paisagístico é atribuído ao arquiteto francês Auguste Glaziou

Um sonho que se tornou realidade: Amantikir - Jardins que falam
Um sonho que se tornou realidade: Amantikir - Jardins que falam

O Amantikir possui 680 espécies de plantas, divididos em 22 espaços, onde cada um mostra uma cultura diferente

Revendo nossos entrevistados de 2015
Revendo nossos entrevistados de 2015

Reveja as opiniões dos Paisagistas entrevistados em 2015

Arquivo
Edição Anterior

Revista AuE Paisagismo Ano 12 No 139 / Dezembro de 2015

Conteúdo completo

Lista com todas as Edições da Revista Paisagismo Digit@l

Top 10

Matérias mais comentadas da revista

Projetos
Jardim de Pedra

Paisagista Osmar da Silva e Paulo Henrique Góes

Lista de Projetos

Lista com Todos os Projetos da Revista Paisagismo Digit@l

Top 10 de Projetos

Lista com 10 projetos mais comentados

Agenda
Agenda

Agenda de Eventos de Paisagismo

Conversar no Whatsapp +55 (32) 9 9138-8279

X

Revista gratuita AuE Paisagismo


Que tal se manter sempre informado das novidades do mundo do paisagismo? Informe seus dados para mantermos contato!




Revista no seu E-mail

*
*
*