Museu Judeu em Nova Iorque expõe a obra de Roberto Burle Marx

Autor: Regina Motta - Data: 10/06/2016

Conhecido mundialmente com o criador do Jardim Moderno, segundo o Instituto de Arquitetos Americanos, tem outros aspectos artísticos que nem sempre são lembrados: Não só a Arquitetura paisagística mas também a escultura, cenografia, tapeçaria e joias.

Burle Marx



Filho de um pai alemão judeu e mãe descendente de franceses, portugueses e holandeses, espalhou as suas ideias para a arquitetura paisagista no mosaico dos passeios da praia de Copacabana, os jardins de Brasília, cidade criada do nada nos anos 60, a partir de edifícios de Oscar Niemeyer, outras paragens do Brasil e do mundo. Por exemplo, Biscayne Boulevard. Notabilizou-se mundialmente na sua disciplina.

Biscayne Boulevard Burle Marx



Byscayne Boulevard

Burle Marx cresceu em ambiente artístico, falava seis línguas e sua dedicação musical o levou a ser barítono. No final dos anos 1920, seu pai o trouxe para tratamento oftalmológico em Berlim, onde viveu dois anos. No Jardim Botânico da capital alemã, o artista descobriu a flora brasileira, que os europeus já colecionavam há muito. Na foto, vitórias-régias adornam jardim da Fazenda Vargem Grande.

Fazenda Vargem Grande Burle Marx



Burle Marx deve a Lúcio Costa sua primeira grande encomenda: os jardins do antigo Ministério da Educação, primeiro arranha-céu moderno do mundo projetado em 1936, hoje Palácio Capanema. Influenciado por formas de Hans Arp e Joan Miró, ele resgatou a textura e quebrou a simetria dos jardins franceses.

Palácio Capanema Burle Marx



Palácio Capanema

A exposição Roberto Burle Marx: Brazilian Modernist explora o trabalho do artista através de mais de 150 trabalhos. E poderá ser vista no Deutsche Bank KunstHalle, em Berlim, entre 7 de julho e 8 de outubro de 2017, e depois, no Museu de Arte do Rio, entre novembro de 2017 e março de 2018, na cidade onde existe um museu que lhe é dedicado.

O que diferenciou Burle Marx de outros paisagistas foi não somente ter um conhecimento profundo de plantas, mas também de ele mesmo cultivá-las em seu sítio em Barra de Guaratiba, bairro litorâneo do Rio de Janeiro.

Sítio em Guaratiba, RJ Burle Marx



Sítio em Guaratiba, RJ Burle Marx

Comprado com seu irmão Sigfried, em 1949, foi lá que o artista residiu até sua morte. Hoje, ali se encontra o Centro de Estudos de Paisagismo, Botânica e Conservação da Natureza. Ali reunia a sua coleção de plantas tropicais e semi-tropicais, uma das maiores do mundo, segundo o museu nova-iorquino. Dedicou a sua vida a encontrar espécies raras de plantas. Descobriu cerca de 50.

Roberto Burle Marx abraçou o modernismo nos anos 30, como muitos artistas plásticos e arquitetos do seu tempo no Brasil. Gostava do abstrato e favorecia o uso de flora local, e colorida. Aos modelos franceses de jardim, que imperavam no Brasil do final do século XIX e início do XX, devotos da simetria, dois aspetos que Burle Marx ignorou, preferindo as plantas locais, descobertas nas suas explorações da floresta brasileira.

Era também horticultor e um ecologista que só usava plantas adequadas ao ambiente. Era um ativista político contra a destruição da Amazónia. Na foto, ele segura uma "Heliconia hirsuta burle marx ii", flor que leva seu nome.

Burle Marx Heliconia hirsuta burle marx ii


Heliconia hirsuta burle marx ii

Nos seus mais de 60 anos de carreira, desenhou 2 mil jardins. Ao mesmo tempo, pintava, esculpia e exercia como designer têxtil. Era também um talentoso barítono e bom cozinheiro, um homem da Renascença, pleno de criatividade e engenho, de acordo com um comunicado do Museu Judeu, sobre o artista.

Influenciado pelo jardim japonês, Burle Marx introduziu os seixos no paisagismo moderno, onde criou formas e texturas que preenchia às vezes com plantas, às vezes com pedras. Para ele, o paisagismo deveria ter uma estrutura básica, o que lhe permitiu transformar seus jardins em pinturas quando observados de longe. Mas, de perto, eles assumem outras dimensões, como no Banco Safra, em São Paulo.

Banco Safra SP Burle Marx



Banco Safra SP Burle Marx

O seu legado influenciou o trabalho de outros artistas como o venezuelano Juan Araujo, as brasileiras Beatriz Milhazes e Paloma Bosquê, o francês Dominique Gonzalez-Foerster, a italiana Luisa Lambri e os americanos Nick Mauss e o músico experimental Arto Lindsay.

Entre os projetos não executados de Roberto Burle Marx, apresentados na mostra do Museu Judaico de Nova York, está o desenho de oito vitrais, que foram projetados em 1985 para a sinagoga Beit Yaakov, no Guarujá em São Paulo. Mais uma vez, aqui se encontra o mesmo jogo de formas e cores que caracterizou toda a obra do artista brasileiro.
Nos últimos anos, Roberto Burle Marx desenhou sinagogas e outros monumentos judeus que são agora mostrados pela primeira vez.

vitrais de sinagoga Burle Marx


Vitrais de sinagoga

Paisagismo de Copacabana


Paisagismo e calçadas de Copacabana

Fonte: Fonte: http://www.dw.com/pt/burle-marx-o-criador-do-jardim-moderno/g-19319237

Veja também:
* Curso: Roberto Burle Marx, paisagista.
* PAISAGENS PARTICULARES: JARDINS DE ROBERTO BURLE MARX
* Aue Paisagismo homenageia Niemeyer, o arquiteto que promoveu o paisagismo de Burle Marx.


Compartilhar:


Anterior Próximo

O guia traz diversas dicas para profissionais que desejam se destacar no mercado de paisagismo

Comentar
Nome:
E-mail:
Comentário:
Avalie está matéria:



---
Entrevista
Entrevista: Paisagista Ricardo Crispim,  paisagismo com modernidade e estilo pessoal
Entrevista: Paisagista Ricardo Crispim, paisagismo com modernidade e estilo pessoal

"Hoje trabalho mais voltado à ideia de pensar o paisagismo com propostas modernas, criativas e que assinem a identidade do meu estilo."

Ensino de paisagismo
Os Cursos de Paisagismo e Jardinagem do Centro Paisagístico Gustaaf Winters
Os Cursos de Paisagismo e Jardinagem do Centro Paisagístico Gustaaf Winters

Percebi o grande "buraco negro" em relação ao Paisagismo, época em que trabalhava no Governo do Estado de São Paulo

Dicas Técnicas
PhotoLANDSCAPE 2016: 7 ferramentas para valorizar sua fotomontagem

Nesta matéria irei apresentar 7 ferramentas do PhotoLANDSCAPE que irão valorizar as fotomontagens.

AutoLANDSCAPE 2016 - Exportando pranchas do AutoCAD para o formato PDF
AutoLANDSCAPE 2016 - Exportando pranchas do AutoCAD para o formato PDF

Veja como exportar sua prancha criada no AutoCAD com o auxílio do AutoLANDSCAPE 2016 para o formato PDF.

HydroLANDSCAPE 2016 - Orçamentos cada vez mais completos
HydroLANDSCAPE 2016 - Orçamentos cada vez mais completos

Como associar insumos e composições de implantação deixando o seu orçamento muito mais completo, confiável e fácil de criar!

Ecologia
Pesquisas comprovam: A natureza gera mais felicidade que o dinheiro!
Pesquisas comprovam: A natureza gera mais felicidade que o dinheiro!

Pesquisas comprovam:Uma pessoa "pobre" em cuja rua tem mais árvores é mais feliz do que uma rica vivendo numa sem árvores.

Novidades
Edição de aniversário - A revista AuE Paisagismo comemora 12 anos!
Edição de aniversário - A revista AuE Paisagismo comemora 12 anos!

A Revista AuE Paisagismo está completando 12 anos! Vamos comemorar?!

Notícias
Museu Judeu em Nova Iorque expõe a obra de Roberto Burle Marx
Museu Judeu em Nova Iorque expõe a obra de Roberto Burle Marx

A Exposição contempla não só a Arquitetura paisagística mas também a escultura, cenografia, tapeçaria e joias.

Congresso Brasileiro de Arborização Urbana em Belo Horizonte
Congresso Brasileiro de Arborização Urbana em Belo Horizonte

20º Congresso Brasileiro e 1º Congresso Latino Americano de Arborização Urbana serão realizados em Belo Horizonte os dias 26 e 30 de novembro

Os 5 erros mais comuns na gestão de projetos em áreas verdes
Os 5 erros mais comuns na gestão de projetos em áreas verdes

O objetivo desta matéria é compartilhar alguns erros que você deve evitar na gestão de projetos em áreas verdes.

Meio ambiente e o planejamento das cidades Habitat III
Meio ambiente e o planejamento das cidades Habitat III

Conferência da ONU sobre Assentamentos Urbanos (Habitat III), que será realizada em outubro, no Equador

Academia Rain Bird promove treinamento em irrigação via HydroLANDSCAPE
Academia Rain Bird promove treinamento em irrigação via HydroLANDSCAPE

O evento incluiu módulo de HydrolANDSCAPE, além de diversos treinamentos na área de irrigação.

Arquivo
Edição Anterior

Revista AuE Paisagismo Ano 12 No 144 / Maio de 2016

Conteúdo completo

Lista com todas as Edições da Revista Paisagismo Digit@l

Top 10

Matérias mais comentadas da revista

Projetos
Lista de Projetos

Lista com Todos os Projetos da Revista Paisagismo Digit@l

Top 10 de Projetos

Lista com 10 projetos mais comentados

Agenda
Agenda

Agenda de Eventos de Paisagismo

Conversar no Whatsapp +55 (32) 9 9138-8279

X

Revista gratuita AuE Paisagismo


Que tal se manter sempre informado das novidades do mundo do paisagismo? Informe seus dados para mantermos contato!




Revista no seu E-mail

*
*
*