Plantas despoluidoras

Autor: Anita Cid - Data: 10/01/2009

As plantas ao realizarem a fotossíntese retiram gás carbônico (CO2) do ar e liberam oxigênio (O2). Mas, mais do que isto, algumas plantas também podem livrar o solo e a água de resíduos e, portanto, são usadas no combate à poluição causada por substâncias químicas prejudiciais à flora, fauna e a saúde humana.

O girassol, por exemplo, absorve o chumbo de solos ocupados por indústrias pesadas; a mostarda pode ser usada para retirar óleo diesel, a flor-de-tabaco é responsável pela limpeza de locais contaminados por cádmio e a grama purifica ambientes contaminados com zinco. Podemos citar também o crisântemo, que purifica lugares com solventes provenientes de materiais como cola, tintas e feltros e o clorofito, que retém o monóxido de carbono e o gás formaldeído, utilizado na fabricação de corantes, vidros e espelhos.

É importante salientar que nos casos de plantas despoluidoras do solo é necessário, depois de um tempo, retirar as espécies do local de cultivo e incinera-las, uma vez que estão impregnadas de substâncias tóxicas.

Fonte: Revista Paisagismo


Compartilhar:



Anuncie gratuitamente no PaisagismoDigital !

Comentar
Nome:
E-mail:
Comentário:
Avalie está matéria:



1 - Autor: Emilly - Data: 27/02/2012 17:46:46

como saber os nomes das plantas despoluidoras ?


AuE Responde: Boa tarde, Emilly. Você pode acessar o site www.paisagismodigital.com.br e abrir um fórum com sua questão. Obrigada. Camila Fonseca, Ass. de Comunicação



2 - Autor: jessica - Data: 21/09/2011 13:29:09

terei de fazer um projeto na feira de ciencias da minha escola e presciso de opiniões pra super projetos pode me ajudar ?




AuE Responde:: Errata: www.paisagismodigital.com.br



3 - Autor: Luciene Batista - Data: 07/04/2010

A espada de São Jorge e espécies afins também promove a troca benéfica: retira CO2 dos ambientes (inclusive os quartos)e libera oxigênio.



4 - Autor: ROSE DIEKE - Data: 07/03/2009

obrigada mais uma vez por ajudar-nos na tentativa de ajudar a natureza,gostaria de utilizar umas espécies que possam colaborar na limpeza de valas negras de esgoto,e água de pia de cozinha...grata



5 - Autor: Kathleen F. Melo Cruz - Data: 25/01/2009

Amei, esta matéria. Já gostava muito destas espécies, agora admiro mais ainda. Nosso meio ambiente necessita muito de coisas assim. Agora cabe a nós profissionais utilizarmos estas maravilhas.



6 - Autor: Ana Maria de Abreu Marques - Data: 19/01/2009

Muito bacana a divulgação dessas ações tão específicas das plantas sobre saúde do nosso ambiente. Admiro muito o clorofito pela sua generosidade de reprodução, e essa matéria veio reforçar ainda mais a minha opinião sobre as virtudes dessa espécie.
Parabéns pela revista.
Ana Maria de Abreu Marques



7 - Autor: MARIA CLARA DECENZO - Data: 12/01/2009

EXCELENTE...PRECISAMOS DE MAIS INFORMAÇÕES DESTE TIPO...SOUBE QUE A NASA FEZ UMA PESQUISA COM O SPATIFILIO E EL AMENISA O DANOS CAUSADO PELAS MICRO ONDAS DE TV, CELULAR E PC NOAMBIENTE.



8 - Autor: Carla H. Oldemburg - Data: 12/01/2009

carmelaconsultoria@gmail.com



9 - Autor: Adriana Corrêa - Data: 12/01/2009

Olá, pessoal. Muito bacana essa dica sobre plantas despoluidoras. Divulgar ações de preservação ambiental é não ficar alheio a nossa responsabilidade social. Espero que a revista eletrônica continue gerando bons frutos a todos.

Um forte abraço,

Adriana Corrêa



10 - Autor: rose dieke - Data: 10/01/2009

gostaria de mais informações sobre estas plantase mais variedades...grata
__________________________
AuE Responde:
Atualmente, muitos estudos têm sido realizados com diversas espécies que possuem
características despoluidoras, a utilização destas plantas é chamada de fitorremediação.
Como exemplo de outras plantas que possuem estas características podemos citar a erva
sal (Atriplex nummularia) que apresenta potencialidade como planta despoluidora de áreas de solo contaminadas pela salinidade de rejeitos; e ainda, hortaliças comuns como Beterraba (Beta Vulgaris L.) que absorve grande quantidades de fosforo, potássio e magnésio presentes no solo ou águas residuárias empregadas em irrigações; Rabanetes (Raphanus sativus L.) empregada principalmente na extração de ferro, magnésio, zinco e
cobre; Alface (Lactuca sativa) que é considerada a principal acumuladora de metais pesados (principalmente zinco, cobre, e chumbo), entre outas inúmeras espécies.
Para saber mais sobre o processo de fitorremediação indicamos o artigo FITORREMEDIAÇÃO que pode ser acessado pelo link:
www.universoambiental.com.br/Arquivos/Agua/fito.pdf

Fonte:
sistemasdeproducao.cnptia.embrapa.br
www.infobibos.com



11 - Autor: Claudia - Data: 10/01/2009

Muito interessante



12 - Autor: Livia Neves - Data: 09/01/2009

Adorei esta informação, volto a frisar o que escrevi uma vez Belo Horizonte precisa de cursos deste nivel, sou funcionaria publica e trabalho na area de parques e e jardins com um projeto adote um verde.




Entrevista
Dicas Técnicas
Ecologia
Notícias
Arquivo
Edição Anterior

Revista AuE Paisagismo Ano 5 No 55 / Dezembro de 2008

Conteúdo completo

Lista com todas as Edições da Revista Paisagismo Digit@l

Top 10

Matérias mais comentadas da revista

Projetos
Jardim de Pedra

Paisagista Osmar da Silva e Paulo Henrique Góes

Lista de Projetos

Lista com Todos os Projetos da Revista Paisagismo Digit@l

Top 10 de Projetos

Lista com 10 projetos mais comentados

Agenda
Agenda

Agenda de Eventos de Paisagismo

Conversar no Whatsapp +55 (32) 9 9138-8279

X

Revista gratuita AuE Paisagismo


Que tal se manter sempre informado das novidades do mundo do paisagismo? Informe seus dados para mantermos contato!




Revista no seu E-mail

*
*
*