Aquecimento global mata 300 mil pessoas por ano

Autor: Anita Cid - Data: 01/08/2009

De acordo com um estudo realizado pelo Fórum Humanitário Global, organização internacional destinada a identificar os principais desafios da humanidade e presidida por Kofi Annan, antigo secretário-geral da ONU, as mudanças climáticas são responsáveis por 300 mil mortes por ano, em decorrência de uma longa lista de catástrofes que vão de inundações à destruição de colheitas. E esse número tende a aumentar ainda mais. Segundo o estudo, se for mantido os padrões atuais,em 2030 serão meio milhão de mortes por ano.

Atualmente, as perdas econômicas batem em US$ 125 bilhões por ano. Calcula-se ainda que 325 milhões de pessoas sejam "seriamente afetadas" pelo aquecimento global. Quatro bilhões de pessoas estão "vulneráveis" e 500 milhões enfrentam "extremo risco". Apenas desastres ligados ao clima causaram prejuízos de US$ 230 bilhões nos últimos cinco anos. O relatório ainda completa que "pelas próximas décadas a sociedade deve estar preparada para mudanças de clima mais fortes e para impactos mais perigosos sobre as pessoas".

De acordo com este estudo, a hora de agir é agora. "Uma conclusão-chave dos estudos é que a sociedade global deve agir conjuntamente para enfrentar este drama compartilhado". O relatório servirá de base para um novo acordo internacional, que substituirá o Protocolo de Kyoto, já que este tem validade até 2012.


Compartilhar:


Anterior Próximo

Anuncie gratuitamente no PaisagismoDigital !

Comentar
Nome:
E-mail:
Comentário:
Avalie está matéria:



---
Conversar no Whatsapp +55 (27) 99298-2445

X

Revista gratuita AuE Paisagismo


Que tal se manter sempre informado das novidades do mundo do paisagismo? Informe seus dados para mantermos contato!




Revista no seu E-mail

*
*
*