Paisagismo na prática: Como Crescer de forma sustentável

Autor: Maria Cândida de Paula - Data: 18/10/2018


Photo by Daniel Hjalmarsson on Unsplash
A medida que você vai se profissionalizando e  estruturando o seu negócio de Paisagismo, mais e mais clientes vão aparecendo e o volume de trabalho aumenta. Afinal de contas, clientes satisfeitos geram mais clientes!

Como você provavelmente está sozinho ainda, é impossível exercer todas as funções de captação, desenvolvimento dos serviços e gestão do negócio. E agora? Como dar conta de tudo?

Quando o seu negócio chega nessa fase, uma coisa que você precisa ter em mente é:

Que você não pode abrir mão da qualidade do atendimento ao seu cliente.

Lembra que eu sempre falo que vender é encantar o cliente do início ao fim do serviço? Aliás, encantar sempre!

Pois é! Se você não se atentar para isso, pode estar dando um tiro no pé!

E absorver mais trabalho do que a sua capacidade produtiva é capaz, é correr o risco de atender mal o seu cliente e fazer um trabalho "meia boca" e por consequência, clientes chateados que irão te tirar pelo menos 5 prováveis clientes.

Isso não quer dizer que você não possa fechar mais clientes, o que eu quero dizer é que você consegue sim atender quantos clientes forem possíveis desde que crie estratégias para isso que irão lhe dar tranquilidade para fazer o serviço bem feito.

Sim, no nosso mercado e em todos os mercados trabalhar com serviço é garantir a satisfação do seu cliente.

Nessa fase de transição, provavelmente você ainda não tem serviços suficientes que torne possível contratar uma pessoa fixa pra te ajudar. E aí você deve estar se perguntando: E agora, o que fazer?

Aceito o serviço e procuro pessoas para me ajudar ou recuso o serviço e corro o risco de ficar no esquecimento? Como vou conseguir contratar mais pessoas se o orçamento está apertado?

Vou te passar aqui 3 dicas essenciais que irão te trazer tranquilidade nesse momento.

FAÇA UMA AUTO-ANÁLISE

Antes de dar qualquer passo é importante que você olhe para a sua situação atual e analise dentro das atividades que você executa hoje quais delas são essenciais para que o seu negócio cresça, quais delas só você é capaz de fazer e quais delas você pode delegar para terceiros.

Criei um quadro no trello chamado Organização de tarefas para que você possa já começar a sua análise agora e conseguir identificar com maior clareza como está a sua situação atual.

Depois que você faz esse simples exercício fica nítido que existem várias atividades que você executa hoje que podem e devem ser delegadas para outras pessoas.  Tarefas mais simples que são operacionais e que demandam tempo que você poderia estar investindo na gestão, captação de novos clientes e nos relacionamentos da sua rede de contato.

Da mesma forma você identifica também que deve dar mais prioridade às tarefas essenciais para que o seu negócio funcione, afinal de contas a vida do paisagista não se resume a criar jardins e implantá-los. Você deve entender que mesmo você ainda não tenho uma empresa de paisagismo você deve agir como se fosse um empresário de Paisagismo. Acredito que amador você não quer mais ser, não é verdade?

E por fim, as tarefas que só você pode realizar são provavelmente, a maioria das atividades essenciais acrescidas de outras atividades.

Agora, depois de conseguir enxergar como se estivesse fora desse contexto, você já está pronto para seguir para o próximo passo:



QUEM PODE TE AJUDAR A CRESCER?

Para crescer de forma sustentável você vai precisar ter ao seu lado pessoas competentes, qualificadas e engajadas com o mesmo propósito que o seu.

Isso vai te deixar mais confiante para aceitar os serviços que irão surgir e tirar de uma vez por todas os fantasmas citados lá em cima, nesse artigo.

Vou te trazer aqui alguns caminhos que você pode seguir de forma segura, mas antes de qualquer coisa é importante que você entenda uma coisa:

Existe uma mágica na relação trabalho x pessoas que você deve compreender que vai fazer toda a diferença: Aumentando a capacidade produtiva (a quantidade de horas trabalhadas) você diminui os custos da sua hora e portanto, o seu poder de mercado.

A sua precificação vai diminuir, sem que para isso você perca dinheiro, e você vai conseguir fechar mais e mais negócios!

Eu sei que você já deve estar ansioso para saber mais como precificar os serviços, mas esse assunto eu vou deixar como tema de um outro artigo, ok? Enquanto isso, dá uma olhada lá no canal do youtube do Arquitetos da Paisagem, tem vários vídeos sobre esse tema.

Vou te dar aqui dicas de 3 caminhos que você pode seguir:

O primeiro: Contrate estagiários ou arquitetos por produção.
Assim, sempre que surgir um novo cliente,você acerta com eles previamente os valores e já insere nos seus honorários antes de apresentar ao cliente.
Você também pode aplicar um percentual em cima do seu faturamento, mas para que você consiga fazer isso é necessário ter o domínio completo do seu financeiro para não ter prejuízos futuros.

O segundo caminho é: Faça parcerias com pessoas que você já conhece o trabalho e sabe da qualidade. Esse caminho é ideal para serviços com complexidade além do que você está acostumado no primeiro momento.

Exemplo: Você foi contratado para fazer um projeto de uma grande área que vai exigir conhecimentos que você não tem na sua formação. (De arquitetura, de agronomia, de botânica, por exemplo...)

E aí, em um primeiro momento, bate aquela insegurança e você diz: Puxa pegar esse
serviço seria perfeito para o meu portfolio , mas eu não tenho capacitação. Vou responder dizendo que não posso atender..

Não faça isso!

Vou te dizer o que você vai fazer: Tenha sempre uma lista de profissionais que você conhece e admira a qualidade do trabalho, marque com eles reuniões prévias e já alinhe como seria o formato dessa parceria.

Assim quando surgirem as oportunidades de serviço, você os contata e já valida o orçamento. Confirmando o contrato com o cliente, faça um contrato com o seu parceiro também, assim você não corre o risco de ter nenhum problema. Lembre-se: Arquitetura da Paisagem ou Paisagismo é multidisciplinar! Depois dá uma lida no artigo que eu fiz lá no site que fala mais sobre esse tema de parcerias : Parcerias: saiba como elas podem te levar mais longe!

Terceiro caminho: Contrate um estagiário de arquitetura ou  técnino em edificações, que tenha noções básicas de desenvolvimento de projeto. Agora não deixe de seguir os passos de um processo seletivo. Selecionar pessoas para trabalhar com você também deve ser levado de forma profissional, afinal de contas a sua intenção é sempre a de fazer crescer a sua empresa. Esse tema sobre seleção de equipe é um assunto para outro artigo também!



SEJA UM PAISAGISTA PRODUTIVO

Sabemos que uma das maiores dores do Paisagista é gestão do tempo e para o Paisagista que trabalha sozinho, que está na "eu-presa", multiplicamos esse problema em pelo menos 10 vezes.

Buscar ferramentas que irão te ajudar a se tornar mais produtivo, otimizando o seu tempo e proporcionando a você oferecer um serviço de excelência, deve ser também uma prioridade na sua vida.

Ferramentas de desenvolvimento de projeto como as oferecidas pela AuE Software são essenciais para qualquer paisagista em qualquer uma das fases da sua carreira.

Elas além de otimizar o tempo, lhe proporcionam uma melhor gestão de cada etapa do seu serviço de paisagismo.

No site da AuE Software, você pode ver em detalhes todos os programas que eles oferecem e os seus benefícios em cada uma das etapas dos seus serviços: Na etapa do estudo preliminar o PhotoLANDSCAPE, que é um programa de Paisagismo para apresentação com fotomontagens, permite desenvolver uma proposta sofisticada em minutos, sendo possível oferecer várias soluções ou até ajustar a ideia junto com o cliente.

No Anteprojeto, os programas AutoLANDSCAPE, CalcLANDSCAPE e VisualPLAN agilizam o projeto em até 600%. Além de aumentar a confiabilidade, diminuir falhas e organizar todo o trabalho do escritório.

No projeto de irrigação, você pode usar o HydroLANDSCAPE que é um programa de computador que auxilia no desenho do layout de irrigação e realiza os cálculos hidráulicos, a quantificação e o orçamento da irrigação. Com isto o projetista ganha tempo para buscar a melhor solução para o cliente.

Já no projeto executivo, o AutoLANDSCAPE agiliza o processo em até 300%, ou ainda mais se a etapa de anteprojeto tiver sido desenhada com ele.

O HydroLANDSCAPE além de agilizar os estudos, os cálculos hidráulicos e orçamentação, também agiliza a finalização do projeto executivo.

Para o planejamento e controle da obra, o LandMANAGER é um programa de manutenção para paisagismo e irrigação, que aproveita a informação gerada pelos demais programas da AuE nas etapas anteriores unindo às ferramentas de gestão, para minimizar desperdício na obra, organizar as informações e facilitar o dia a dia do gestor.

E aí, dentro dos serviços temos, depois do jardim implantado, a possibilidade de você oferecer também a manutenção do jardim.  O LandMANAGER é valioso para o gestor ter a melhor informação para as tomadas de decisão. Organiza o escritório, agiliza o cadastro de informações e viabiliza o ganho de escala da empresa.

Pronto! Agora você está pronto para crescer de forma sustentável o seu negócio, continuar oferecendo serviços de qualidade sem comprometer o seu nome e tudo o que você construiu até agora.

Para você colocar em prática tudo o que te falei nesse artigo, o que você tem a fazer é iniciar a lista de organização das tarefas do Arquitetos da Paisagem que eu disponibilizei acima, e a lista de pessoas que poderão vir a ser futuros colaboradores por produção,  dos prováveis parceiros, colocando nela suas qualificações técnicas e comportamentais, contatos e quem indicou, no caso dessa pessoa vir por uma indicação.

E Vamos Juntos Transformar Paisagens!

Maria Cândida de Paula
arquitetosdapaisagem.com.br

Veja também

  • Paisagismo na prática: Comece grande, desde pequeno
  • Paisagismo na prática: A nova coluna da Revista AuE Paisagismo
  • Entrevista com a Arq. Paisagista Louise Riedtmann da Harmonia Verde Paisagismo e Arq. de Exteriores
  • Conheça melhor o vencedor do concurso de fotomontagem e inspire-se.
  • Bromélias: Dicas do experiente produtor, Rômulo Cavalcanti.
  • Brómelias: 13 gêneros para você conhecer e cultivar
  • Luso Jardim: Como tudo começou


    Compartilhar:


    Anterior Próximo

  • Veja como aliar tecnologia ao ensino de paisagismo e irrigação

    Comentar
    Nome:
    E-mail:
    Comentário:
    Avalie está matéria:



    1 - Autor: Damelis Carvajal - Data: 03/12/2018 16:56:59

    Gostei do artigo, não sou paisagista, mas essa informação é útil também para arquitetura


    AuE Responde: Prezada Damelis que bom que você gostou!




    Entrevista
    Entrevista: Projetos de iluminação para Paisagismo com Paulo Spina da LUXSIM
    Entrevista: Projetos de iluminação para Paisagismo com Paulo Spina da LUXSIM

    Conheça mais sobre projetos de iluminação para paisagismo com o expert da área, Paulo Spina da LUXSIM

    Ensino de paisagismo
    Paisagismo na prática: Como Crescer de forma sustentável
    Paisagismo na prática: Como Crescer de forma sustentável

    Nossa colunista Maria Cândida, este mês nos dá dicas de como crescer no paisagismo de forma sustentável .

    O Segredo da botânica
    O Segredo da botânica

    "A botânica é mais que uma forma de conhecimento; ela fornece o símbolo da inocência perdida na história dos homens"

    Dicas Técnicas
    LandscapeOFFICE2018: Nova opção de Relatórios com foto grande.
    LandscapeOFFICE2018: Nova opção de Relatórios com foto grande.

    Veja como gerar a nova opção de Relatórios com foto grande.

    HydroLANDSCAPE: Substituindo aspersores inseridos no projeto
    HydroLANDSCAPE: Substituindo aspersores inseridos no projeto

    Veja como substituir aspersores já inseridos em seu projeto de irrigação.

    PhotoLANDSCAPE 2018: Como dimensionar modelo 3D
    PhotoLANDSCAPE 2018: Como dimensionar modelo 3D

    Veja como dimensionar a escala e a perspectiva de um objeto 3D no PhotoLANDSCAPE.

    Notícias
    Curso de HydroLANDSCAPE:  Academia Rain Bird acontece este mês em Belo Horizonte
    Curso de HydroLANDSCAPE: Academia Rain Bird acontece este mês em Belo Horizonte

    Curso de HydroLANDSCAPE : AuE Software estará presenta na Academia Rain Bird.

    FILME PAISAGEM: um olhar sobre Burle Marx
    FILME PAISAGEM: um olhar sobre Burle Marx

    Um dos maiores paisagistas do seculo 20, Roberto Burle Max ganhará um documentário onde relatará suas obras, pesquisas e descobertas.

    Ebooks - Biblioteca AuE Software
    Ebooks - Biblioteca AuE Software

    E-books com diversas temáticas sobre paisagismo e o mercado.

    Semana de Arquitetura - SEMEARQ 2018 - Encontre a AuE Software por lá
    Semana de Arquitetura - SEMEARQ 2018 - Encontre a AuE Software por lá

    A AuE Software estará presente na 2ª SEMEARQ (Semana de Engenharias e Arquitetura) do Instituto Metodista Granbery.

    Arquivo
    Edição Anterior

    Revista AuE Paisagismo Ano 15 No 172 / Setembro de 2018

    Conteúdo completo

    Lista com todas as Edições da Revista Paisagismo Digit@l

    Top 10

    Matérias mais comentadas da revista

    Projetos
    Lista de Projetos

    Lista com Todos os Projetos da Revista Paisagismo Digit@l

    Top 10 de Projetos

    Lista com 10 projetos mais comentados

    Agenda
    Agenda

    Agenda de Eventos de Paisagismo

    Conversar no Whatsapp

    X

    Revista gratuita AuE Paisagismo


    Que tal se manter sempre informado das novidades do mundo do paisagismo? Informe seus dados para mantermos contato!




    Revista no seu E-mail

    *
    *
    *